$type=grid$show=home$count=2$cate=0$rm=0$sn=0$au=0$cm=0

$type=ticker$count=12$cols=4$cate=0

Desigualdades tornam o empreendedorismo de mulheres negras mais vulnerável

Os dados apresentados pelo relatório Empreendedorismo Feminino no Brasil evidenciam um dos aspectos das desigualdades

Foto: Divulgação/Felipe Natã

No Brasil, 8,6 milhões de mulheres são donas de negócios. O número é equivalente a 33,6% do total de pessoas que empreendem no país, uma porcentagem pequena quando comparada à de homens (66,4%), mas que fica ainda menor quando é feito o recorte racial: mulheres negras correspondem a 47% do total de empreendedoras.

Os dados apresentados pelo relatório Empreendedorismo Feminino no Brasil (2021), produzido pelo Sebrae, evidenciam um dos aspectos das desigualdades racial e de gênero existentes no país. E ajudam a explicar o porquê da existência do Dia Internacional da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha, celebrado neste domingo (25), já que nem todas as mulheres são iguais ou têm as mesmas oportunidades.

“As mulheres têm dificuldades de empreender por conta do machismo estrutural. E as mulheres negras têm dificuldade dupla, por causa do machismo e do racismo. Além de sermos invisibilizadas, nós não temos muitas oportunidades ao nosso alcance”, relata a empreendedora Laís Lage, criadora da Saravá Sustentável, que a dois anos investe no setor de sustentabilidade.

O relatório Empreendedorismo Feminino no Brasil (2021) indica que as regiões Norte e Nordeste concentram as maiores porcentagens de mulheres negras empreendedoras. Na Bahia, estado onde Lage atua, elas correspondem a 82%. Contudo, Laís aponta que aquelas que possuem negócios ligados ao ramo de produtos sustentáveis são negligenciadas.

As mulheres que ganham destaque no setor de negócios ecológicos são do eixo Sul-Sudeste. Os eventos que abordam a pauta da sustentabilidade, raramente chamam pessoas negras para falar, não há um recorte racial na abordagem feita sobre os negócios ecológicos”, afirma. Segundo ela, trata-se de uma invisibilização social que negligencia, inclusive, a cosmovisão das comunidades e povos tradicionais, já que entre os povos negros e indígenas a relação harmônica com os recursos naturais é um dos princípios basilares.

Além da baixa representatividade numérica e invisibilização, Laís aponta outros entraves para sua atuação como empreendedora no setor de negócios ecológicos. “Existe uma defasagem com relação à legislação e a configuração das empresas que têm surgido, com isso muitos negócios de impacto não conseguem se adequar por não cumprir uma série de exigências que não se aplicam à sua atuação”, explica. Além disso, ela evidencia a falta de incentivos para empresas que contribuem com a diminuição dos impactos ambientais no pós-consumo, como é o caso da Saravá que aposta em produtos e embalagens biodegradáveis e compostáveis. Foto: Divulgação/Felipe Natã

O levantamento realizado pelo Sebrae, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, aponta que as desigualdades sociais existentes entre mulheres brancas e mulheres negras é outro fator que dificulta o afroempreendedorismo feminismo. De acordo com as instituições, 36% dos negócios gerenciados por mulheres negras foram fechados, ainda que temporariamente, no primeiro ano de pandemia.

A pesquisa, que ouviu empreendedoras de todo o país, indica que a impossibilidade de atuar remotamente somada à dificuldade de acesso a crédito foram os fatores que mais contribuíram para esse cenário. O levantamento apontou que 58% das mulheres negras que solicitaram empréstimo tiveram resposta negativa, 25% por possuírem CPF negativados.

Fonte: Bahia.ba


from Ebahia News https://ift.tt/3y4Ne8i


COMMENTS

Nome

Abril,15,ALBA,4,ar,1,Assembleia de Carinho,4,Bahia,181,Brasil,216,Brasilia,2,Carnaval,1,CEADEB,16,corrupção,14,Cruz das Almas,5,D'jane Silva,8,Destaque,404,Economia,1,Elizeu Rosa,11,Entretenimento,9,Esporte,4,Eunápolis,11,Feira de Santana,16,Goias,1,Ilhéus,19,Itabuna,12,Jequié,51,Lauro de Freitas,7,Lavagem de Itapuã,2,Mar Grande,1,marisqueiras,1,Mundo,53,Noticias,355,Opinião,1,pescadores,1,Politica,220,Política,19,Porto Seguro,11,Salinas,1,Salvador,70,Saúde,5,Teixeira de Freitas,15,Vitória da Conquista,26,
ltr
item
Ebrasil news: Desigualdades tornam o empreendedorismo de mulheres negras mais vulnerável
Desigualdades tornam o empreendedorismo de mulheres negras mais vulnerável
https://d1x4bjge7r9nas.cloudfront.net/wp-content/uploads/2021/07/23152056/Felipe-Nat%C3%A3-divulga%C3%A7%C3%A3o.jpg
Ebrasil news
http://www.ebrasilnews.com.br/2021/07/desigualdades-tornam-o-empreendedorismo.html
http://www.ebrasilnews.com.br/
http://www.ebrasilnews.com.br/
http://www.ebrasilnews.com.br/2021/07/desigualdades-tornam-o-empreendedorismo.html
true
8318790972957655930
UTF-8
Todas as publicações Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Mais informação Resposta Cancelar resposta Delete Por Home PAGES POSTS View All RECOMENDADO PARA VOCÊ LABEL ARQUIVO PESQUISA TODAS AS PUBLICAÇÕES Não encontrou nenhuma correspondência de pós com seu pedido Voltar Início Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS CONTENT IS PREMIUM Please share to unlock Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy